Você pode conhecer a Deus e agradá-lo.

 
O Senhor Deus quer que o busquemos e o encontremos. Para isso, deu-nos as Escrituras Sagradas. Nelas podemos conhecer a pessoa de Deus e seu plano para nós seres humanos.

Neste site, você pode começar por qualquer lugar, mas recomendo que leia em ordem dos tópicos a partir da Apresentação. Assim, seu aproveitamento será maior.

Que o Senhor Deus leve você à alegria do seu conhecimento.

Terça-feira, 3. Setembro 2002

O reino de Deus -- seu povo


O ponto principal desta lição é:

O reino de Deus se expressa hoje no seu povo na terra, a igreja de Jesus.
Há tanta gente esperando o "milênio" e o estabelecimento do reino de Cristo aqui na terra. O Novo Testamento, porém, apresenta o reino como já chegado. É a igreja que é a atual manfestação do reino de Deus. A próxima será o reino eterno (2 Pedro 2.9-10) quando Cristo voltar.
Êxodo 19.5-6a - Israel como reino
"Agora, se me obedecerem fielmente e
guardarem a minha aliança, vocês serão o meu
tesouro pessoal dentre todas as nações.
Embora toda a terra seja minha, vocês serão
para mim um reino de sacerdotes e uma nação
santa".
Na Bíblia, Deus é descrito como rei, soberano que
comanda toda a terra. Todo o universo fica sob a
sua autoridade. Entre a humanidade, porém, ele
escolhe um povo que expressa, pela sua obediência
submissa, que ele reina.
No Velho Testamento, este povo era Israel. Deus
tinha chamado Abraão para fazer dele um povo.
Resgatou do Egito seus descendentes. Deu ao povo
bênção especial e responsabilidade maior para ser
luz às nações.
Israel, porém, provou-se infiel. Jesus falou que o
reino seria tirado dele. Deus prometera um novo
reino, um novo povo. Quando Jesus veio, a nação
judaica esperava a nova manifestação do Reino de
Deus.
Mateus 6.33-35 - Primeiro, o reino
"Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de
Deus e a sua justiça, e todas essas coisas
lhes serão acrescentadas. Portanto, não se
preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará
as suas próprias preocupações. Basta a cada
dia o seu próprio mal".
O domínio de Deus na vida deve ser a prioridade
principal. A busca significa que temos que fazer o
esforço de colocar isso na prática. Não acontece por
acaso.
O reino de Deus significa seu reinado. Em Jesus,
significa ainda mais que sua igreja agora é o ambiente
principal do discípulo. Esta nova expressão do reino
manifesta melhor o sentido de servir a Deus. Nela, o
cristão desenvolve a vida de Jesus.
Esta vida se desprende das coisas materiais. Não busca o enriquecimento como meio de garantir a segurança da vida, mas depende do Senhor para todas as suas necessidades. Assim, o amanhã não preocupa o discípulo.
Mateus 7.21-23 - Obediência
"Nem todo aquele que me diz: 'Senhor, Senhor',
entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que
faz a vontade de meu Pai que está nos céus. Muitos
me dirão naquele dia: 'Senhor, Senhor, não
profetizamos em teu nome? Em teu nome não
expulsamos demônios e não realizamos muitos
milagres?' Então eu lhes direi claramente: Nunca
os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam
o mal!"
Para entrar no Reino dos céus, onde Deus habita, temos que fazer a vontade de Deus. Nem adianta chamar Jesus de Senhor, por mais sincero que sejamos, sem fazer o que ele ordena. Apenas palavras não resolvem. Nem boas obras, conforme nossa idéia do que Deus deve gostar, bastam para ganhar a sua aprovação. A chave é a obediência. Obediência total. Fazer algumas coisas da vontade de Deus, as quais nos agradam, não agradará ao Pai. Assim, seremos recusados entrada na vida eterna.
Vai chamar Jesus de Senhor? Muito bom! Agora, faça toda a vontade de Deus.
Mateus 16.18-19 - Igreja

"E eu lhe digo que você é Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do Hades não poderão vencê-la. Eu lhe darei as chaves do Reino dos céus; o que você ligar na terra terá sido ligado nos céus, e o que você desligar na terra terá sido ligado nos céus"

Jesus liga o reino e a igreja como sendo a mesma realidade. Embora o conceito do reino seja maior que a igreja, esta manifesta aquele na terra desde o Dia do Pentecostes depois da ressurreição de Cristo. Se
queremos ver e participar do reinado de Deus em nossa vida, será necessário entrar na sua igreja.

A igreja é de Jesus, construída por ele. Usa seu nome, segue seus mandamentos, cumpre sua missão. Ela não é denominação nem seita. É única, com Líder único. Não é conglomeração de igrejas, mas um só corpo unido sob seu comando.

As chaves do reino permitem entrada na igreja, como se vê em Atos 2. A porta para entramos está aberta. Entremos nela.

João 18.36-37 - Espiritual

"Disse Jesus: 'O meu Reino não é deste mundo. Se fosse, os meus servos lutariam para impedir que os judeus me prendessem. Mas agora o meu Reino não é daqui'.

'Então, você é rei!' disse Pilatos.

Jesus respondeu: 'Tu dizes que sou rei. De fato, por esta razão nasci e para isto vim ao mundo: para testemunhar da verdade. Todos os que são da verdade me ouvem'".

Jesus não veio estabelecer um reino político-militar. Não se interessa em exercer poder dentro de uma estrutura de nações, alianças, tratados e diplomacia.

Nunca descerá para sentar num trono humano. Ele é Soberano ao lado do Pai celestial.

O reino de Jesus não é deste mundo. Exerce um reinado espiritual. Convida a todos a fazerem parte da sua nação, pois é por escolha e não por nascimento físico que se faz parte.

A base do seu reino é a verdade. Quem ouve a verdade e a obedece será incluso nele.

Atos 2.37-38,42, BND - Dedique-se

"Quando ouviram isso ficaram aflitos em seu coração. Perguntaram a Pedro e aos outros apóstolos: 'Irmãos, que faremos?'

"Pedro respondeu: 'Arrependam-se, e cada um de vocês seja imerso em nome de Jesus Cristo para o perdão dos seus pecados. E receberão o dom do Espírito Santo'.
...

"Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações".

Jesus prometeu dar aos apóstolos as chaves do reino (Mt 16.19). Em Atos 2, Pedro e os outros usaram estas chaves para abrir as portas da salvação. A igreja é a atual expressão do reino na terra, pois os que entraram no reino foram acrescentados pelo Senhor à igreja.

A busca do reino em primeiro lugar (Mt 6.33) se demonstrou na dedicação dos primeiros cristãos à igreja do Senhor. Eram assíduos em seguir o ensino dos apóstolos. Fizeram-se sempre presentes com seus irmãos. Partiram o pão da ceia a cada primeiro dia da semana. Continuamente se deram à oração.

Que nossa dedicação à igreja de Cristo, o reino de Deus, seja igual aos primeiros cristãos.

Colossenses 1 v13-14 - Transportados

"Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e
nos transportou para o Reino do seu Filho amado,
em quem temos a redenção, a saber, o perdão dos
pecados".

Você não precisa ficar olhando os céus para a chegada do Reino. Este já chegou na pessoa de Jesus. Quando ele estabeleceu a igreja (Atos 2), trouxe a última manifestação terrena do Reino.

Paulo descreve os cristãos como já transportados para dentro do Reino de Cristo. Deus os tirou do poder maligno e os conduziu para viverem sob a sua direção soberana.

Esta passagem destrói a teoria do milênio, pois o Reino já existe e dentro dele os cristãos já vivem. Pelo Reino os seguidores de Jesus trabalham.

Quando Jesus voltar, os levará para o perfeito Reino eterno. Entremos hoje no Reino para sermos levados na vinda de Cristo.

Hebreus 10.24-25, NVI - Congregar

"E consideremos uns aos outros para nos incentivarmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas procuremos encorajar-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia".

A igreja não é denominação. Ela existe, em forma viva e concreta. Pertence a Cristo somente aquela comunidade que rejeita os credos humanos, a autoridadade de homens, os nomes inventados e as doutrinas estranhas à palavra de Deus.

Fora desta comunidade não há vida. O cristão participa fielmente das suas reuniões. "Fielmente" significa que ele não se ausenta delas, a não ser que esteja fisicamente impedido.

Deixar de se reunir com a igreja de Deus significa pecar deliberadamente. Significa que só se pode esperar condenação (v. 26). Quem rejeita o povo de Deus rejeita o próprio Senhor.

Apocalipse 1.4-6 - Igreja

"João, às sete igrejas da província da Ásia: (...) Ele nos ama e nos libertou dos nossos pecados por meio do seu sangue, e nos constituiu reino e sacerdotes para servir a seu Deus e Pai".

O apóstolo João destina sua obra a sete comunidades de fé na Ásia, a fim de fortalecer os cristãos enfrentando perseguição pela sua fé. Além da grande visão espiritual da guerra celestial sendo travada e do poderoso Cristo que tudo vence, ele os lembra no início de seu livro de três verdades.

  1. O Deus trino ama sua igreja. Nunca se deve duvidar desse fato principal.

  2. O Senhor perdoou estes seguidores do Filho. Não há nenhum empecilho no relacionamento com Deus.

  3. Ele os constituiu reino e sacerdotes para servi-lo e cumprir sua missão. Usando a linguagem de Êxodo 19.3-6, o Senhor confirma que a igreja de hoje manifesta o seu reino.

O reino não é algo que aguardamos ser estabelecido na terra, mas somos nós que o demonstramos em nossa submissão ao Pai e proclamação do evangelho eterno.

Aplicação

  1. Entenda que a igreja é a atual expressão do reino de Deus na terra.

  2. Assista todas as reuniões da igreja.

link (6 comments)  comente ou pergunte!  
 

Quarta-feira, 21. Agosto 2002

Questão de vida ou morte

por Randal Matheny

É importante, dizem eles. Você deve fazê-lo, afirmam eles. Um cristão verdadeiramente convertido o fará, insistem eles. Mas apressam-se a dizer que, se não o faz, não fará diferença nenhuma para seu destino final e eterno.

O Novo Testamento tem outra visão do assunto. “Portanto, irmãos, estamos em dívida, não para com a carne, para vivermos sujeitos a ela. Pois se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão” (Romanos 8.12-13, NVI).

Só é possível entender a palavra “viverão” espiritualmente, do relacionamento com Deus. E não se pode morrer espiritualmente e entrar par a vida eterna.

Qual é, então, a condição para viver espiritual, para sempre? Fazer morrer os atos do corpo. Obedecer ao Senhor Jesus Cristo, fazendo nossa a sua vida.

Mas e se não obedece? Paulo também não deixa dúvida: “se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão”. A morte espiritual é a conseqüência inevitável, inexorável da maneira mundana de viver. Inescapável.

A língua grega usa o verbo mello para reforçar a idéia. O dicionário de Bauer, Gingrich e Danker diz que a palavra “denota uma ação que segue necessariamente um decreto divino [e significa] ser destinado, dever”. E aquela palavra “morrer”? É usada figurativamente aqui, diz o mesmo bom dicionário, “perder a verdadeira vida, a eterna”. Nossa passagem de Romanos 8.13 é a primeira citada como exemplo.

O decreto de Deus é que, se você não viver pelos padrões do Espírito, você morrerá e será separado eternamente dele.

A mensagem é clara: obedeça a Deus e desfrutará a vida eterna; desobedecendo-o, perderá, com toda certeza, por determinação divina, aquela maravilhosa vida ao lado do Salvador.

(Este artigo foi publicado no boletim informativo dos cristãos em São José dos Campos e pode ser lido na página original. Foi publicado com a devida permissão.)

link (no comments)  comente ou pergunte!  
 

Segunda-feira, 1. Julho 2002

O gráfico da salvação


Colocamos em forma de gráfico uma série de estudos sobre a salvação de Deus e como devemos responder à sua revelação e obra em Cristo. Para analisá-lo, clique aqui:

Jesus Cristo, Senhor e Salvador

link (no comments)  comente ou pergunte!  
 

Sexta-feira, 28. Junho 2002

Participe do curso Transformação Total em SP


Querido(a) amigo(a),

Seguem abaixo maiores informações sobre o curso Transformação Total, a ser realizado em São Paulo no dia 13 de julho. É já!

Neste dia, você terá oportunidade inédita de derrubar os obstáculos à sua transformação, para ser a pessoa que sempre quis, segundo a vontade de Deus.

Local

O curso será realizado no Hotel Estan Plaza, na Rua Funchal, 281, bairro da Vila Olímpia. O hotel fica logo atrás da estação de trem (CBTU) da Vila Olímpia. Por sinal, o trem será uma excelente opção de transporte para muitos.

Você pode consultar mais informações sobre o hotel aqui: www.estanplaza.com.br

Inscrição

Para que se possa providenciar número suficiente de livretes e lugares para almoço, estamos pedindo que se faça inscrição com pagamento antecipadamente. Os R$15,00 incluem todas as despesas de materiais, almoço e cafezinho.

Favor fazer depósito do valor na conta Bradesco, agência 1070-7, conta corrente 17261-8.

Depois de feito o depósito, você pode fazer sua inscrição de várias maneiras:

  • Enviando fax do comprovante, com seu nome completo, para Randal (12) 3942-7753.
  • Com Francisco Bezerra - (11) 5834-1095; cel. 9264-6656
  • Pessoalmente com representantes nas congregações:
  • Assis, na Nove de Julho - (11) 3167-2355 feliz@lerc.cjb.net
  • Shebas, em Osasco - sergionascimento@uol.com.br

O curso

O curso tem como propósito ajudar você a efetuar na sua vida as mudanças que deseja conforme Jesus Cristo. Assim, é aberto a todos, mesmo aqueles que ainda não têm o compromisso de seguir a Cristo. Verão que esta vida não é somente possível de ser vivida, mas a mais alegre e recompensadora.

Os tópicos a serem tratados são estes:

  1. Queira ser transformado
  2. Pra que tudo isso?
  3. Saiba quem é
  4. Adote modelos da santidade
  5. Pense alto
  6. Mate os assassinos do bem
  7. Dependa do poder de Deus
  8. Lance mão dos recursos
  9. Conviva com Jesus
  10. Aproveite o seu tempo
  11. Decida certo
  12. Largue o passado e abrace o futuro
  13. Submeta-se à disciplina do Espírito

No dia 13 de julho, estaremos juntos praticamente o dia inteiro das 8:00h a 20:00h. Favor chegar bem na hora, para não perder nenhum minuto importante, nenhum conceito que o ajudará a ultrapassar seus limites atuais.

Os professores serão Randal Matheny e Francisco Bezerra. Pode saber mais sobre eles aqui:

edificacao.cjb.net
ttotal.cjb.net

Par maiores informações, fale com Francisco ou com Randal:

  • Francisco: ico13@ig.com.br Tel.: (11) 9264-6656
  • Randal:- randal@alcance.cjb.net Tel. (12) 3942-7753

Por último, peço que você avise a sua congregação sobre o curso e coloque estas informações no quadro de avisos.

Finalizando

Eu e Francisco temos bastante coisa para fazer, cada um, em nossas congregações e nossos ministérios. Mas resolvemos falar deste assunto, pois muita gente anda frustrada por não conseguir largar sua vida antiga e vestir-se completamente de Cristo.

Queremos ajudar você a ser muito mais, a fazer muito mais, a glorificar muito mais o Senhor Deus. A reproduzir na nossa vida a pessoa de Jesus, tornando-nos como ele. Para que, no final, possamos desfrutá-lo para sempre.

Espero vê-lo no dia 13.

Abraços,

Randal Matheny
ttotal.cjb.net

link (no comments)  comente ou pergunte!  
 

Terça-feira, 28. Maio 2002

Links de sites úteis


Abaixo são alguns sites de interesse a quem está iniciando sua jornada espiritual no cristianismo. Estes, sim, podemos recomendar.

Simplesmente cristão
Bom site de nossos amigos no nordeste, com estudos bíblicos e um curso on-line, além de meditações bíblicas de áudio.

link (no comments)  comente ou pergunte!  
 

Segunda-feira, 20. Maio 2002

Salvação, gratuitamente, a quem obedece


(Nota: Abaixo é um comentário de Robert Milligan escrito no século 19.)

"e, uma vez aperfeiçoado, [Jesus] tornou-se a fonte da salvação eterna para todos os que lhe obedecessem" (Hebreus 5.9, NVI).

Por meio destes sofrimentos, ele foi feito um Salvador perfeito; isto é, ele foi por estes plenamente qualificado, por todos os modos, para tornar-se o Rendentor da humanidade. E agora ele oferece a salvação gratuitamente a todos os que lhe obedecem.

Não é o seu propósito salvar as pessoas no seus pecados, mas salvá-los dos seus pecados. Portanto, embora ele, pela graça de Deus, experimentasse a morte por todas as pessoas e assim fizesse expiação por todos, ele concede a salvação somente aos que lhe obedecem (Mateus 7 v21).

link (one comment)  comente ou pergunte!  
 

Sábado, 18. Maio 2002

O Cordeiro de Deus

de Tiago Gama

João, aquele chamado o Batista, foi enviado por Deus para abrir o caminho para Jesus. Ele ficava no meio do mato gritando a um povo tradicionalista e espiritualmente morto. Anunciava um assunto só: "preparem-se para a chegada do Escolhido de Deus".

Um belo dia, João vê Jesus vindo na sua direção. Grita novamente: "Olhem, aí está o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!" (João 1.29, BLH).

O Cordeiro de Deus. A palavra cordeiro traz à mente a imagem de um animal mansinho sendo guiado tranqüilo pelo pastor. Mas a imagem de João não é tão tranqüilo assim, não.

Sem um pouco de leitura do Velho Testamento, a gente perde a mensagem desse homem rude e corajoso. Lá nos primeiros dias do povo de Israel, seu Deus deu leis e mandamentos para todo um sistema de ofertas queimadas no altar do templo. Ele fez tudo isso para ensinar uma lição: o pecado custa caro. Começou pelos animais, bezerros, bodes, cordeiros, passarinhos. Estes sacrifícios matados, sangrados e esquartejados ensinaram ao povo que, para acertar seu problema do pecado com Deus, tinha que haver morte e derramamento de sangue. Leia, por exemplo, Levítico 4.

Agora, todo mundo sabia que os animais nada tinham a ver com a história. Mas Deus os usou para uma grande lição espiritual, para que, quando tudo estivesse preparado, a humanidade pudesse apreciar o que Jesus ia fazer.

Aí, quando João, aquele chamado de Batista, veio gritando que Jesus era o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, não restava dúvida. Ele veio morrer no lugar dos culpados. (Ah, os culpados somos todos nós.)

Somente uma parte da mensagem de João fica ainda sem resposta. Para preparar o caminho do cordeiro de Deus, eu e você precisamos abandonar os nossos maus caminhos. Quando limpamos nosso próprio quintal, estamos prontos para acolher o Cordeiro e deixar que ele tira os nossos pecados.

João ainda aponta o Cordeiro. Você o viu. Vai correr atrás dele para ficar com ele?

link (no comments)  comente ou pergunte!  
 

Terça-feira, 14. Maio 2002

Como conhecer Deus

de Randal Matheny

Passei na livraria recentemente e vi um novo livro com título de Como conhecer Deus. A autora, pelo que pude reparar duma olhada rápida, quer nos ajudar a conhecer Deus por meio de técnicas que usam os cinco sentidos, as quais são evidentes, diz ela, em todas as religiões.

Evidentemente, a autora se esqueceu de consultar as Escrituras Sagradas.

Deus é invisível (Colossenses 1.15; 1 Timóteo 1.17) e pode ser “visto” apenas pelos olhos da fé (Hebreus 11.27). Ele é espírito (João 4.24) e somente o seu Espírito conhece as suas coisas (1 Coríntios 2.10). “Quem conheceu a mente do Senhor?” pergunta Paulo (Romanos 11.34). A resposta é óbvia: ninguém.

O homem não pode pesquisar e descobrir a pessoa de Deus para conhecê-lo. “Não se pode esquadrinhar o seu entendimento” (Isaías 40.28, ARA). Se houve momento em que era possível perceber o Deus invisível pelos sentidos humanos, foi na pessoa de Jesus.

Assim, João afirma: “O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam, a respeito do Verbo da vida” (1 João 1.1).

O grande erro é confundir as coisas criadas com o Criador. Os homens fazem imagens e as chamam de Deus. É possível, sim, saber alguma coisa sobre Deus observando a criação (Romanos 1.20), mas ele não pode ser conhecido sem que ele se revele ao homem. Ele se declarou de forma única e definitiva por meio de Cristo:

“Ninguém jamais viu a Deus. O Deus unigênito [este é Jesus], que está no seio do Pai, esse o deu a conhecer” (João 1.18).

Deus Pai deu a Deus Filho autoridade sobre toda a humanidade, para que conceda o conhecimento do único Deus verdadeiro aos que o buscam (João 14.2-3). Jesus fez conhecer o nome do Senhor, quer dizer, a sua natureza e pessoa (João 17.26). Ele disse ainda:

“Todas as coisas me foram entregues por meu Pai; e ninguém conhece quem é o Filho senão o Pai, nem quem é o Pai senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar” (Lucas 10.22).

A palavra chave aqui é “revelar”. Deus se revela em Jesus e este é revelado nas Escrituras.

Como conhecer Deus? Leia sua Bíblia e veja Jesus. Siga a ele, pois somente o Filho do Homem conduz ao Pai.


Este artigo foi publicado primeiro na e-zine ImoNet, em novembro de 2001.

link (one comment)  comente ou pergunte!  
 

Coração dividido

de Randal Matheny

Estou de mudança para um novo escritório, saindo de casa para montar meu espaço de trabalho em endereço próprio. Só que lá estou sem linha telefônica. Alguns livros já foram para lá, porém a maioria ainda ficou em casa.

Infalivelmente, quando estou lá, preciso de algo aqui. Quando estou aqui, quero consultar algo que já foi para o novo endereço. Este sentimento de não estar completamente lá nem cá é horrível.

Espiritualmente, temos a mesma sensação quando o coração fica dividido entre a vontade de Deus e a vontade própria, quando queremos, de um lado, servir ao Senhor, mas, por outro lado, desejamos ceder à tentação do pecado. A angústia se assemelha à escolha entre tirar férias na Europa durante um mês ou fazer uma visita a estação espacial Mir. Sem prestar muita atenção nas reportagens que esta logo vai cair no Oceano Pacífico.

Para servir a Deus, Jesus diz que precisamos de um olho só, uma visão singular, um foco certeiro (Mateus 6.22-23). Não dá para tentar servir dois senhores. Acabará optando por um ou outro. Nas coisas espirituais, quando você tenta fazer com que Deus divida seu coração com o Dinheiro ou outro amo, este acaba sempre ocupando todo o espaço (Mateus 6.24). Mais importante ainda, Deus não admite dividir sua lealdade com nenhum outro.

Que Deus seja Deus, então, da nossa vida. Saiba o que você realmente quer, quem você vai servir de verdade. Com toda a sua alma.

“...aquele que duvida assemelha-se ao ondeio do mar que o vento provoca. Não pense esta pessoa que o Senhor dará o que quer que seja a um homem que esteja dividido e indeciso em todo o seu proceder” (Tiago 1.6b-8, TEB).


Este artigo foi publicado originalmente na e-zine ImoNet, em março de 2001.

link (no comments)  comente ou pergunte!  
 

Sua introdução a este site


Este site lhe traz uma série de sete estudos sobre a pessoa e plano de Deus para o ser humano. Estes são:

1. As Escrituras, a nossa autoridade.
2. O reino de Deus, o povo de Cristo.

  1. Jesus Cristo, o Mestre.
  2. O discípulo de Cristo, seguidor.
  3. Separação e salvação.
  4. A igreja, o corpo unido.
  5. O batismo, imersão para perdão.

Além destes estudos, você encontrará vários outros artigos e matérias de ajuda para conhecer a Deus. Pode se orientar clicando nos tópicos ou começando pela primeira lição sobre as Escrituras.

Se podemos ajudá-lo de alguma forma, estamos à sua disposição.

link (3 comments)  comente ou pergunte!  
 

Curso por correspondência, "Jesus Cristo, o caminho simples"

Quer saber mais sobre Aquele que é DEUS-Conosco? Faça gratuitamente o curso “Jesus Cristo, o Caminho Simples”. Há cinco lições num só livrete. Você preenche os exercícios e na conclusão do curso ganha um certificado. Escolha abaixo de quem gostaria de pedir o curso e forneça seu nome completo e endereço com CEP completo:

Entre em contato com uma das pessoas cujo email se encontra acima. Grato, Randal.

link   
 

1 As Escrituras — nossa autoridade


O ponto principal desta lição é este:

As Escrituras Sagradas (Bíblia) são a nossa autoridade em assuntos espirituais.
Por autoridade, quer dizer aquele que decide. Acho minha opinião super-interessante (e você acha a mesma coisa da sua, não é?), mas nenhuma opinião humana importa quando se trata das coisas de Deus. No final, é a "opinião " dele que tem que prevalecer. E vamos ler a opinião dele consultando a Bíblia.
A seguir, alguns textos da Bíblia que mostram a importância, o poder, a autoridade e o propósito da Palavra de Deus.
Gênesis 1 v3 — PODER

"Disse Deus: 'Haja luz', e houve luz" (NVI).

Se eu pudesse falar para a porta da sala: "Porta, abra-se", e ela abrisse, eu ia aparecer no próximo programa do Fantástico. E seria fantásico mesmo. Mais maravilhoso ainda é o poder de Deus de criar do nada um universo inteiro por uma palavra. Deus disse e aconteceu.

O poder da palavra que criou tudo do nada também cria no obediente uma nova vida. Tanto a palavra de Deus falada como sua palavra escrita é poderosa. As Escrituras, como a palavra escrita, têm poder para transformar as nossas vidas e autoridade para cumprir o que dizem.

Disse Deus: "Haja vida nesse morto arrependido". E houve vida.

Deuteronômio 4 v2 — RESPEITO
"Nada acrescentem às palavras que eu lhes ordeno e delas nada retirem, mas obedeçam aos mandamentos do Senhor, o seu Deus, que eu lhes ordeno" (NVI).
Não temos liberdade de modificar a palavra de Deus a nosso bel-prazer. Quando acrescentamos à ela nossas idéias, tradições ou exigências, ou retiramos dela partes que nos desagradam, mostramos desrespeito pelo Senhor Deus.
Em Deuteronômio, Moisés se despede do povo, um pouco antes que Israel entre na terra de Canaã. Numa série de discursos, ele insiste em que o povo continue fiel ao Deus que o salvou.
Nossa prosperidade espiritual depende da nossa obediência aos mandamentos de Deus (ver verso 1). Esta palavra Moisés deu aos judeus, mas o princípio, como veremos adiante, continua válido: o ser humano nunca pode mudar a palavra de Deus. E se o faz, é para seu próprio prejuízo.
Respeitemos a palavra de Deus. Exatamente como ela é.
Deuteronômio 5 v24 — REVELAÇÃO
"Essas foram as palavras que o Senhor falou a toda a assembléia de vocês, em alta voz.no monte, do meio do fogo, da nuvem e da densa escuridão; e nada mais acresentou. Então as escreveu em duas tábuas de pedra e as deu amim. Quando vocês ouviram a voz que vinha do meio da escuridão, estando o monte em chamas, aproximaram-se de mim todos os chefes das tribos de vocês, com as suas autoridades. E vocês disseram: 'O Senhor, o nosso Deus, mostrou-nos sua glória e sua majestade, e nós ouvimos a sua voz vinda de dentro do fogo. Hoje vimos que Deus fala com o homem e que este ainda continua vivo!'"
Quarenta anos depois, Moisés relata como Deus tinha dado os dez mandamentos. Os judeus tinham ficado surpresos que não morreram quando Deus apareceu no monte Sinai, pois criam que ninguém pudesse sobreviver um encontro com ele.
O propósito de Deus dar a lei ao povo era para mostrar sua glória e revelar sua vontade a Israel. Pode-se saber um pouco a respeito de Deus pela natureza (ver Romanos 1), mas sem que ele fale à humanidade, é impossível compreender o seu plano.
Quando Deus fala, ele toma providências para que suas palavras sejam preservadas. O Senhor escreveu os mandamentos em duas tábuas de pedra (verso 22). E sempre que ele fala ao seu povo palavras de valor perene, ele manda escrevê-las. Assim é que temos a Bíblia, as palavras escritas de Deus. Estas nos mostram quem é ele e o que ele fez e ainda faz para o nosso bem.
Deus quer falar conosco pelas Escrituras. Estamos o escutando?
Salmo 119 v105 — GUIA

"A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos
e luz que clareia o meu caminho".

Quando alguém está no meio do mato perdido, à noite, o que mais se precisa é uma lâmpada. A palavra de Deus é tudo isso para nós, e mais. Pois ela é o próprio caminho. Para o espírito ela faz mais do que a lâmpada física.

Por causa do pecado, andamos nas trevas. Estas representam nosso estado de perdição, de estarmos perdidos, desorientados, ignorantes, incapazes de voltar para Deus.

A palavra do Senhor é orientadora. Ela nos mostra o caminho de volta. Ela nos guia, jogando luz na direção certa a seguir.

Que a Bíblia seja, então, sua guia segura até a presença do Criador.

Jeremias 9 v23-24 — RELACIONAMENTO

"Assim diz o Senhor: 'Não se glorie o sábio em sua sabedoria nem o forte em sua força nem o rico na sua riqueza, mas quem se gloriar, glorie-se nisto: em compreender-me e conhecer-me, pois eu sou o Senhor e ajo com lealdade, com justiça e com retidão sobre a terra, pois é dessas coisas que me agrado", declara o Senhor". Jeremias 9 v23-24, NVI

Ninguém quer ser um joão-ninguém. Buscamos algo para nos dar importância, para nos dar valor como seres humanos.

Deus fala para tirar do homem seus falsos valores, a fim de que este possa encontrar seu valor no conhecimento do Criador. A passagem começa e termina com declarações de que é Deus falando ao povo.

Gloriar-se significa que o homem encontra seu valor como ser humano em algo exterior a si mesmo. Alguns buscam o conhecimento e a inteligência, outros o poder (de qualquer tipo: físico, político, militar, etc.), ainda outros, a riqueza. Mas estes não são suficientes, pois podem ser perdidos ou diminuídos.

A única coisa que pode dar o verdadeiro valor ao homem é um relacionamento com Deus. E para conhecê-lo, Deu fala e se revela.

De todos os usos das Escrituras, o principal é para conhecer a Deus. Vamos buscar por meio delas o relacionamento com ele.

Mateus 22 v29,31b — LER
(Leia Mateus 22 v23-33.)
"Jesus respondeu: 'Vocês estão enganados porque não conhecem as Escrituras nem o poder de Deus! (...) vocês não leram o que Deus lhes disse: (...)?"
Onde você vai encontrar as respostas a estas perguntas:
• Depois da morte, o que acontece?
• Deus gosta do que estou fazendo agora?
• Eu preciso mudar a minha vida radicalmente.
Mas como?
As respostas a estas perguntas se encontram todas em um lugar só. Nas Escrituras, na Bíblia.
Os saduceus imaginaram como seriam as coisas na ressurreição (na vida após a morte). Mas Jesus revelou que a coisa era bem diferente. E mostrou a partir das Escrituras.
Para todos, Jesus diz: Vocês têm que ler. Se você mudança na sua vida, se você quer agradar a Deus, se você quer a vida eterna, você tem que ler. E ler de uma fonte só: a Bíblia.
Marcos 7 v8-9 — DISTINGUIR

(Leia Marcos 7 v1-9.)

"'Vocês negligenciam os mandamentos de Deus e se apegam às tradições dos homens'. E disse-lhes: 'Vocês estão sempre encontrando uma boa maneira de pôr de lado os mandamentos de Deus, a fim de obedecerem às suas tradições!'"

Jesus e seus disípulos foram duramente criticados pelos fariseus porque recusaram seguir as suas tradições. Estes líderes religiosos não conseguiram distinguir entre os mandamentos de Deus e as tradições humanas.

Hoje, não é diferente. Pessoas e grupos seguem regras ensinadas por homens (verso 7) e crêem que estejam adorando a Deus corretamente. Jesus chama isso de uma adoração inútil. Pois não se pode guardar o que o homem ensina e ainda obedecer a Deus.

O que mais se precisa hoje é de pessoas que sabem discernir entre a doutrina do homem e a palavra de Deus.

Você é uma delas?

João 8 v31-32 - PERMANECER

"Disse Jesus aos judeus que haviam crido nele: 'Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará'".

Nem todo o que crê em Jesus o segue. A fé é o primeiro passo que deve levar a andar todo o caminho. Para a fé ser efetiva, ela tem que permanecer firme na palavra de Jesus. Somente assim o "crente" pode ser considerado discípulo de Jesus.

Neste processo de andar conforme a palavra de Jesus, a pessoa conhece a verdade. A verdade está em Jesus, na sua palavra. Quem não pratica ou obedece à palavra de Jesus não conhece a verdade.

A verdade liberta. Liberta dos pecados, da culpa, da preocupação, do mundo, do egoísmo, do medo. Liberta para glorificar ao Pai por meio do Filho e para servir ao próximo.

Permaneça na palavra de Jesus. Assim, será um discípulo libertado para o melhor que a vida tem a oferecer.

João 12 v47-48 - JUIZ

"Se alguém ouve as minhas palavras, e não lhes obedece, eu não o julgo. Pois não vim para julgar o mundo, mas para salvá-lo. Há um juiz para quem me rejeita e não aceita as minhas palavras; a própria palavra que proferi o condenará no último dia".

O que você diria de alguém que faz uma prova sem estudar o livro-texto? Meio arriscado, não é?

Pois é. Mais arriscado ainda é passar desta vida para a próxima sem consultar o livro-text, a Bíblia. Nossa prova ocorrerá no Dia Final. Não haverá nenhum jeitinho, conversa nem negociação com a pessoa de Jesus no último dia, pois julgarão a nossa vida as suas palavras já proferidas e registradas na Bíblia.

Não poderemos culpar pais, amigos ou líderes religiosos pela nossa falta de conhecer e obedecer a palavra de Jesus. No final, estará entre a palavra de Jesus e a mim.

Por isso, farei o máximo para conhecer os critérios pelos quais serei julgado. E você?

Atos 17 v11 - EXAMINAR DIARIAMENTE

"Os bereanos eram mais nobres do que os tessalonicenses, pois receberam a mensagem com grande interesse, examinando todos os dias as Escrituras, para ver se tudo era assim mesmo".

"Que merece respeito por seus méritos e qualidades; digno, ilustre, emérito". Esta é a quarta acepção da palavra "nobre" no Dicionário Houaiss, que muito bem se aplica à atitude dos bereanos. O termo no grego original significa nobreza de nascimento e, depois, nobreza de caráter.

Os bereanos se mostraram mais abertos à mensagem, mais ávidos pela verdade, pois sua nobreza espiritual demonstrou-se no exame diário das Escrituras.

Não bastava que alguém "importante" lhes pregava a mensagem de Deus. Eles tinham que ver por si mesmos.

O resultado? Muitos se converteram (v. 12). E hoje igrejas crescem quando se tem o compromisso de estudar seria e diariamente a Bíblia.

2 Timóteo 3 v16-17 - INSPIRADA

"Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, par a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra".

A própria Bíblia alega vir de Deus. Demonstra sua afirmação pela sua qualidade, coerência e veracidade. Portanto, ela merece a maior dedicação à sua mensagem.

Por ela ser inspirada, ela também é útil ao discípulo de Jesus para todas as coisas. Para si mesmo, a Escritura o capacita fazer todo o necessário no reino de Deus. Com a Bíblia na mão, o discípulo também está preparado para ajudar aos outros, seja qual for a necessidade.

Nenhum outro livro demonstra a inspiração de Deus como a Bíblia. Por isso, ela será sempre nossa leitura, nossa guia, nossa força, nossa motivação, nossa glória. Pois ela nada menos é do que a própria palavra de Deus.

Apocalipse 22 v18-19 - RESPEITO

"Declaro a todos os que ouvem as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhe acrescentar algo, Deus lhe acrescentará as pragas descritas neste livro. Se alguém tirar alguma palavra deste livro de profecia, Deus tirará dele a sua parte na árvore da vida e na cidade santa, que são descritas neste livro".

O que as Escrituras dizem por todo lado João aplica ao seu livro de Apocalipse. Consciente de que escreveu pela inspiração do Espírito Santo, o apóstolo pronuncia maldição sobre a pessoa que ousa modificar sua obra.

Acrescentamos à palavra de Deus quando permitimos algo não autorizado por ela. Tiramos da palavra quando deixamos de obedecer algum mandamento ou ensinar alguma verdade nela contida.

Assim, é essencial que observemos estritamente o ensinamento da Bíblia. Ir além ou ficar aquém do que ela diz é perder o acesso à vida eterna. Aceitemo-la exatamente como ela é e obedecemos a tudo, mais nada, menos nada, o que ela diz.

Aplicação

  1. Aceite a Bíblia como única autoridade em assuntos espirituais.

  2. Leila diariamente a Bíblia.

link (6 comments)  comente ou pergunte!  
 

 
online por 5254 dias
atualizado: 16-10-2010 6:26
status
Você não fez login ... login
menu
... home
... tópicos
... curso pelos correios
... comunidades
... busca
... 
... Home
... Tags

... antville home
Outubro 2016
SegTerQuaQuiSexSábDom
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31
Setembro
recent
recent

RSS Feed

Made with Antville
powered by
Helma Object Publisher